‘M-8’ entra na disputa pela vaga brasileira ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro

“M-8 – Quando a Morte Socorre a Vida” está na disputa pela vaga brasileira à indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. A comissão que seleciona o indicado brasileiro, sob responsabilidade da Academia Brasileira de Cinema, deve divulgar o resultado no dia 13 dezembro. O longa narra a poderosa história de Maurício (Juan Paiva), jovem negro que ingressa como aluno cotista na universidade de medicina, e sua dificuldade em encontrar espaço num ambiente onde os negros são funcionários ou corpos preservados para o estudo de anatomia. Produzido pela Migdal e Buda Filmes e distribuído pela Paris Filmes, “M-8” estreia em 3 de dezembro.

No vídeo divulgado hoje, o protagonista Juan é vítima de violência policial ao sair de uma festa da faculdade, num bairro rico do Rio de Janeiro. A imagem do coturno do policial sobre o pescoço de Juan remete ao assassinato de George Floyd, nos Estados Unidos, mas foi rodado dois anos antes. Em depoimento que costura as imagens, o diretor Jeferson De desabafa: “Tenho muito receio da possibilidade de ter uma morte violenta, principalmente por conta da ação policial”.

VEJA O VÍDEO

A Migdal, a Paris e a Buda Filmes estão lançando a campanha #M8NoOscar. Iafa Britz, produtora do filme, acredita na potência da história, que fala sobre racismo no ano em que – depois da Covid-19 – esse foi um dos principais assuntos. Os materiais divulgados sobre longa já tiveram grande repercussão. A Migdal e a Paris também começaram os contatos com agências de comunicação em Los Angeles para preparar a campanha lá nos Estados Unidos, caso “M-8” seja escolhido como representante do Brasil ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Vencedor na categoria Melhor Filme de Ficção, por voto popular, do último Festival do Rio, “M-8” é baseado no livro homônimo de Salomão Polakiewicz. Além de refletir sobre preconceito e exclusão, o filme toca em questões universais sobre sentimentos e relacionamentos na juventude. Integram o elenco Mariana Nunes, Giulia Gayoso, Bruno Peixoto, Fábio Beltrão, Zezé Motta, Ailton Graça, Alan Rocha, Rocco Pitanga, Dhu Moraes, Léa Garcia e Raphael Logam, como M-8. Lázaro Ramos, Henri Pagnoncelli e Malu Valle fazem participações especiais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.