“Chapeuzinho Blues” é uma boa dica para as crianças da nova geração

COM UM NOVO OLHAR SOBRE UM DOS MAIORES CLÁSSICOS DA LITERATURA MUNDIAL, O MUSICAL CHAPEUZINHO BLUES, DE PEDRO MURAD, COM DIREÇÃO DE GABRIEL MAZOTTE, ESTREIA DIA 11 DE JANEIRO NO TEATRO LAURA ALVIM

Em uma realidade onde as crianças consomem narrativas de maneira fragmentada , o musical Chapeuzinho Blues  propõe um jogo cênico através da perspectiva de multi telas. “A idéia é desconstruir o formato original da encenação e fazer uma linguagem muito atenta ao universo contemporâneo”, comenta o mestre em comunicação e cultura Pedro Murad, que assina a adaptação. “Dividimos o palco em 3 partes, onde as ações acontecem simultaneamente e a história é contada de modo não-linear”, pontua Gabriel Mazzote, diretor e especialista em produção cultural.

Em cena, 9 atores tratam de temas como empatia, obediência, empoderamento, inteligência, respeito, amor e medo, sob um recorte brasileiro. A direção musical é de Thiago Garcia e as composições originais de Teka Balluthy. A intenção é mesclar a atual experiência das narrativas em novas mídias com as encenações das feiras medievais, onde o público passeava por múltiplos palcos, fruindo diversas possibilidades artísticas de encantamento e reflexão.  “Trata-se de um tipo de teatro produzido para crianças da atual geração, formadas através da frequente interação com narrativas diversificadas e de alto impacto, sem perder de vista a diversão, a magia e a reflexão sobre os ensinamentos que os contos sempre proporcionam”, acrescenta Gabriel.

A quebra da linearidade proposta, bem como a subversão do clássico, foram inspiradas no gênero musical blues, que costura o espetáculo, criando uma atmosfera poético-musical forte para a encenação. Assim como o blues – que tem em sua gênese a matriz africana ancestral – dilui o tonalismo, abrindo possibilidades sonoras inteiramente novas, a peça também propõe a abertura de um novo olhar para o conto. Desta forma, a partir de uma reinvenção, o espectador é convidado a direcionar seu olhar com liberdade, absorvendo e construindo sua própria história.

O clássico da literatura, publicado pela primeira vez em 1697 por Charles Perrault e reformulado pelos irmãos Grimm em meados de 1800 atenta as crianças sobre alguns  cuidados como: não confiar em estranhos, não revelar dados pessoais a desconhecidos e não desobedecer os pais. Chapeuzinho Blues se apropria da música e de um jogo cênico contemporâneo para trazer os ensinamentos de um conto arcaico para a nova geração; de maneira atualizada, onde passado, presente e futuro interagem e conversam entre si.

“Contar e ouvir histórias de enredos fabulosos, que despertam, ao mesmo tempo, curiosidades e sensações reais, secretas e confusas é uma das tarefas mais importantes da vida, contribuindo diretamente para a formação humana, psicológica e intelectual de crianças de todo o mundo”, finaliza Pedro Murad.

Serviço:
 Teatro Laura Alvim – Casa de Cultura Laura Alvim
Av. Vieira Souto, 176
Tel: (21) 23322016
Temporada: De 11/01 a 2/02
Sábados e domingos às 16h
Ingressos: R$25,00 (meia )
Duração: 60 min
Indicação: 3 anos    

Ficha Técnica:
Elenco: Miriã Sant’Anna, Roni Cruz, Analu Pontes, Renan Siqueira, Vinícius Monteiro, Ana Clara Araujo, Barbara Mendes, Bea Paiva e Layse Diniz
Texto: Pedro Murad
Direção: Gabriel Mazotte
Direção Musical: Thiago Garcia
Coreografias: Elis Loureiro – Tap: Jully Suarez e Ana Clara Araujo
Músicas: Teka Balluthy
Preparação Vocal: Danielle Linhares
Preparação de bases e arranjos instrumentais: Fábio Cirino e Felipe Amorim
Sonoplastia: André Breda e Thiago Garcia
Figurinos: Fernanda Fabrizzi
Cenário: Guilherme Reis
Cenotécnico: Humberto Junior
Costureira: Amélia Passos
Iluminação: André Breda
Visagismo: Fernanda Santoro
Produção executiva: Leila Breda, Gabriel Mazotte e Silvio Rocha
Direção de produção: Gabriel Mazotte
Assessoria de imprensa: Julie Duarte

(Visited 44 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *