Elymar Santos : “As pessoas achavam que eu não passaria dos 15 minutos de fama”

Não existem duas palavras que definam melhor a trajetória do cantor Elymar Santos como força e coragem. Com mais de quarenta anos de estrada, o músico se orgulha, e com toda a razão, de jamais ter desistido de seus sonhos.

Em 1985 Elymar protagonizou um episódio que entrou para a história da música popular brasileira. Alugou a casa de shows mais disputada por artistas nacionais e internacionais, e vendendo ele mesmo os ingressos para um público cativo que já o acompanhava na noite, o cantor lotou o Canecão, fazendo com que o dono, Mário Priolli, o convidasse para outras apresentações.

Daí por diante ele, que já era bastante conhecido nos bares onde cantava diariamente, passou a ser admirado por todo o Brasil. E assim é até hoje.

Na semana que passou, Elymar pôde comprovar mais uma vez o sabor de sua grande popularidade, quando se apresentou num Teatro João Caetano lotado, ‘obrigando’ inclusive o produtor João Luiz Azevedo a organizar uma sessão extra, devido ao grande número de pessoas que não conseguiram ingressos para a então única apresentação anunciada. Muito emocionado, o cantor disse que estar no palco desse teatro era reviver momentos que marcaram para sempre sua carreira, como por exemplo quando recebeu a diva Elizeth Cardoso, a quem ele considera sua madrinha.

Após uma de suas apresentações, o cantor nos recebeu para um bate-papo simpático e sincero, onde fez questão de dizer que sua maior felicidade é fazer o que gosta e ainda ser pago por isso. Conhecido também por sua extrema generosidade, Elymar, que já resgatou inúmeros artistas que estavam afastados da mídia, se disse orgulhoso por também receber o carinho de inúmeros colegas, como Ivete Sangalo, Alcione e Dudu Nobre, que assim como outros medalhões da MPB, fizeram participação no dvd que o cantor deve lançar em breve.

*reportagem : Léo Uliana/*imagens de vídeo e foto : Cleide Márcia

(Visited 34 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *