João Bosco relembra o amigo Luiz Melodia, de quem diz sentir muita saudade

Um dos compositores mais festejados não só pelo público mas também no meio artístico, o mineiro João Bosco é quase unanimidade; não há quem não tenha uma palavra de afeto quando o assunto é ele. E uma das boas amizades que ele fez foi com o carioca Luiz Melodia, artista cuja obra foi revisitada com justa homenagem, em cerimônia realizada quarta-feira passada durante o 29º Prêmio da Música Brasileira.

Nesse bate-papo rápido que tivemos com o mestre João, que é autor de pérolas como ‘O Bêbado e o Equilibrista’, ‘Papel Maché’, ‘Desenho de Giz’ e ‘Corsário’, dentre tantos clássicos, ele falou sobre o amigo Melodia e também revelou algumas curiosidades sobre sua carreira.

Com vocês, JOÃO BOSCO !!!

 

*reportagem : Léo Uliana

*foto e imagens de vídeo : Izabel Lucas

(Visited 84 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *