Moyseis Marques celebra a obra de Chico em belíssimo show que chega ao João Caetano

Quando foi convidado para fazer uma homenagem a Chico Buarque em 2017, Moyseis Marques escreveu ao mestre perguntando “com que olhos” ele via esse projeto. “Caro parceiro, vejo esse tributo com olhos azuis”, respondeu Chico. E é com enorme alegria e orgulho que o produtor João Luiz Azevedo apresenta o show Moyseis Marques Canta Chico Buarque de Hollanda em seu projeto 15 PRAS 7, no Teatro João Caetano, nesta quarta-feira, dia 27 de fevereiro.

Moyseis é figura conhecidíssima das rodas de samba, forró e MPB da Lapa e adjacências.

Depois de estrelar uma bem-sucedida montagem da “Ópera do Malandro”, Moyseis se aproximou ainda mais da obra do compositor. Agora ele dedica show em tributo ao mestre e inspirador de sua carreira. No repertório estão as músicas “Vai Passar”, “Mambembe”, ‘Mil Perdões”, “Ópera do Malandro”, “Subúrbio”, “Aquela Mulher”, entre outras surpresas boas de ouvir e cantarolar juntos a ele.

Não é de hoje que Moyseis Marques apresenta a obra de Chico nos palcos. Desde o início da carreira, ainda com uma banda de forró, Moyseis já cantava sucessos como “Paratodos”, “Biscate”, “João e Maria” entre tantos outros.

 — “O Chico é um dos meus super-heróis. Ele é um cara muito completo, que transita com muita naturalidade por gêneros como samba, valsa, xote, toada, balada. É um material muito rico para ser explorado por quem se interessa por música brasileira” — diz Marques.

Para esse show, Moyseis vem acompanhado do piano de João Bittencourt (que também toca sanfona), o contrabaixo de Luis Louchard e a bateria elegante de Gabriel Guenter e com sua voz, seu violão, seu tamborim e seu carisma, pincela a extensa obra de Chico Buarque, gênio da raça. 

Recentemente Moyseis compôs “Chico para Prefeito”, samba bem humorado que celebra os 73 anos do poeta, comemorados em 19 de julho, viralizando em sua rede social. 

— “Vai ter bolero (“Atrás da porta”), baião (“Paratodos”), samba (“Injuriado”) e muito mais. Procuro trazer visceralidade, fugindo do óbvio. E o que é óbvio, buscamos dar a nossa cara”.

MOYSEIS MARQUES Canta CHICO BUARQUE DE HOLLANDA

Moyseis Marques (voz, violão e tamborim), João Bittencourt (piano e  sanfona), Luis Louchard (contrabaixo)  e Gabriel Guenter (bateria). 

Data: 27 de março, quarta-feira, às 18:45h

Duração: 70 minutos;

Classificação indicativa: Livre para todas as idades.

Produção e Assessoria de Imprensa: João Luiz Azevedo 

Teatro João Caetano

Praça Tiradentes

Capacidade do teatro: 600 lugares

Dia 27 de fevereiro/2019

Quarta Feira 18:45h

Preço dos Ingressos: R$ 40,00 / R$ 20,00 (meia para estudantes, jovens até 21 anos e idosos acima de 60 anos).

(Visited 29 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *