Cássia Kis em ‘Meu Quintal é Maior do que o Mundo’

Cássia Kis descobriu a poesia de Manoel de Barros (1916-2014) nos anos 80, encantou-se com sua obra e passou anos se correspondendo com ele. A imensa admiração se transformou em amizade e agora, depois de uma década longe do teatro, a atriz volta aos palcos para realizar um sonho: encenar um texto do escritor. Concebida a partir do autobiográfico Memórias Inventadas, de poesia em prosaa peça Meu Quintal é Maior do que o Mundo tem direção de Ulysses Cruz, parceiro de Cássia há 40 anos, com quem ela divide também a estruturação do roteiro.

Meu Quintal é Maior do que o Mundo estreia no Rio no dia 21 de março, para curtíssima temporada na Cidade das Artes, depois de arrebatar o público de São Paulo em janeiro e fevereiro, onde ficou em cartaz por quatro semanas. Depois, segue para turnê nacional. Cássia divide o palco apenas com Gilberto Rodrigues, que executa a música ao vivo em cena e também assina a direção e criação musical.

Serão apenas quatro apresentações no Rio, de 21 a 24 de março, com sessões quinta, sexta e sábado às 21h,  e domingo às 20h. A produção é de Gustavo Nunes, diretor da Turbilhão de Ideias Entretenimento, parceiro há muitos anos de Cássia Kis e Ulysses Cruz, o que motivou a união para criar este projeto. A Turbilhão de Ideias, sediada no Rio de Janeiro, circula com seus espetáculos por todos os estados do país. Entre suas produções, destacam-se Perfume de Mulher, a mais recente, e Cássia Eller, o Musical.

Projeto pessoal idealizado por Cássia Kis, Meu Quintal é Maior do que o Mundo não é um sarau ou declamação de poemas e sim uma encenação dramatúrgica. Não se configura como um espetáculo na estrita concepção do termo, mas de uma peça de teatro, por sua característica mais intimista. A relevância da montagem se dá tanto pela estreita ligação da atriz com Manoel de Barros como pela década que passou longe do teatro (sua última peça foi O Zoológico de Vidro, de 2009).

Serviço

Teatro Cidade das Artes – Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca.

Temporada: 21 a 24 de março.

Horários: quinta, sexta e sábado às 21h e domingo às 20h.

Duração: 60 minutos.

Ingressos: R$ 120,00. (Ingresso Rápido e bilheteria do Teatro Cidade das Artes).

Ficha Técnica

Obra: Manoel de Barros. 

Elenco: Cássia Kis.

Concepção e direção geral: Ulysses Cruz. 

Adaptação do texto: Cássia Kis e Ulysses Cruz.

Direção de Produção: Gustavo Nunes. 

Cenário e figurinos: Ulysses Cruz. 

Direção e criação musical: Gilberto Rodrigues. 

Execução musical: Gilberto Rodrigues.

Fotografia e Design: Gal Oppido. 

Design do convite: Marcio Oliveira – Graphix. 

Assistente de Fotografia e Design: Marina Engelhardt.

Design de luz: Nicolas Caratori.

Assistente de iluminação: Vitória Pamplona. 

Direção de Movimento: Cynthia Garcia. 

Costureira: Judite de Lima. 

Adereços: Luis Rossi. 

Financeiro: Helber Santa Rita. 

Mídias sociais: Julliana Della Costa e Jessica Veiga. 

Assessoria de imprensa: PALAVRA Assessoria em Comunicação. 

Produção executiva Rio de Janeiro: Arte & Atitude – Monique Mendonça, Isabel Gomez, Renata Bento e Andreia Besteiro.  

Produção geral: Turbilhão de Ideias Entretenimento.

(Visited 27 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *