‘Isso que você chama de lugar’

DIRIGIDO POR DANIEL HERZ, “ISSO QUE VOCÊ CHAMA DE LUGAR”REESTREIA NO TEATRO CESGRANRIO

Tendo a dúvida como fator central, texto inédito aborda comunicação interpessoal e escolhas através de quatro histórias que não se encontram, mas convivem paralelamente.

Após temporada de sucesso que culminou em prorrogação no Teatro Laura Alvim e uma rápida passagem pelo Teatro Fashion Mall, “ISSO QUE VOCÊ CHAMA DE LUGAR”, espetáculo inédito concebido e dirigido por Daniel Herz, ganhou mais uma temporada carioca. A peça agora reestreou noTeatro Cesgranrio, permanecendo em cartaz até 25 de agosto. Num mundo cada vez mais individualista, onde todos parecem sempre tão ocupados lutando pela própria sobrevivência a ponto de conversar sem se comunicar, quatro histórias paralelas “se cruzam”. As personagens se encontram no palco, mas não na vida, reforçando a incomunicabilidade que existe nas relações contemporâneas.

Em cena, quatro atores contam quatro histórias concomitantes, parecendo às vezes que é a mesma história – mas são sempre histórias diferentes. Cada ator apresenta apenas a sua própria história e os diálogos não são necessariamente diálogos, mas são sempre encontros. Tendo a dúvida como ponto central, o jogo cênico se assemelha a um quebra-cabeça e flerta com teatro do absurdo. Essa “vertigem cênica” alude à profundidade da decisão que os personagens, vivendo momentos cruciais, precisam tomar.

“Tive essa ideia das histórias simultâneas a partir da reflexão sobre o lugar em que cada um se situa a cada tempo.Ter um elenco tão talentoso e confiante neste formato faz do desafio uma aventura deliciosa”, analisa Daniel, que criou o texto colaborativo junto de Clarissa Kahane, sua assistente na direção, e do elenco, composto por Carol Santaroni, Clarissa Pinheiro, Roberta Brisson e Tiago Herz.

A peça pontua o perceptível crescimento do fluxo emigratório de brasileiros que buscam em outros países um aumento da qualidade de vida e alguns desdobramentos-estabilidade financeira, realização profissional e novos encontros amorosos.Para além das questões práticas, aparece o desejo não apenas de deixar o lugar onde se vive, mas de se encontrar em si mesmo.

“É possível ter um projeto de vida potente dentro do nosso país ou a única saída é o aeroporto? Nunca tivemos tantas pessoas ‘navegando’ por essa dúvida”, provocao diretor, aos 37 anos de carreira. A montagem tira o espectador da zona de conforto não somente em relação ao tema, mas também quanto à forma de contar essas histórias, brincando com o que parece e o que de fato é.

“Um grande desafio foi encontrar o equilíbrio entre as dinâmicas cênicas e o fôlego do público para conseguir acompanhar as quatro histórias ao mesmo tempo. A plateia tem que ‘aceitar’ o desconforto inicial e depois se deleitar com a potência de conseguir se envolver com a situação limite de cada personagem”, sinaliza Daniel.

Os personagens têm a opção de manter a segurança afetiva do seu local de origem ou buscar uma nova identidade em um novo país. “A sensação de que as nossas faltas serão preenchidas num lugar diferente nos encoraja a partir. Mas manter-se na terra natal apesar das contrariedades e inverter expectativas também é uma possibilidade de autoconhecimento e plenitude. Em suma, reconhecer-se como estrangeiro de si mesmo e, a partir desse entendimento, buscar a sua própria identidade é o que nos motiva a contar essas histórias”, encerra. 

SERVIÇO:

“ISSO QUE VOCÊ CHAMA DE LUGAR”

Temporada:

15 a 25 de Agosto

Horários:

5ª Feira a Domingo – 20h

Local:

Teatro Cesgranrio

Rua Santa Alexandrina, 1011 – Rio Comprido

Tel.: (21) 2103-9682

Ingressos:

R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia-entrada)

Duração: 70 minutos

Classificação: 12 anos

Gênero: Drama

 

FICHA TÉCNICA

Concepção eDramaturgia: Daniel Herz

Texto: Criação Coletiva

Direção: Daniel Herz

Elenco: Carol Santaroni, Clarissa Pinheiro, Roberta Brisson e Tiago Herz

Diretora Assistente: Clarissa Kahane

Iluminação: Aurélio de Simoni

Cenário: Fernando Melo da Costa

Figurino: Clívia Cohen

Projeto Gráfico: Daniel Rocha e Vidi Descaves

Assistência Psicanalítica: Evelyn Disitzer

Direção Musical: Pedro Nego

Assessoria de Imprensa: Marrom Glacê Assessoria – Gisele Machado & Bruno Morais

Produção: 2D Produções e Comunicação

(Visited 17 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *