“Arquitetura da Destruição” no Curta!

                        Ligação do nazismo com as artes é abordada em documentário, no Curta!

O documentário “Arquitetura da Destruição” mostra a relação de Adolf Hitler com as artes e a arquitetura. Muito antes de chegar ao poder, sendo nomeado chanceler pelo presidente Paul von Hindenburg, o Führer já manifestava o desejo de seguir uma carreira nas artes plásticas. Tentou duas vezes ingressar na Academia de Belas Artes de Viena, mas foi rejeitado. Em sua juventude, produziu pinturas e gravuras que, anos depois, foram utilizadas como modelo de obras arquitetônicas durante o nazismo.

Hitler era admirador das artes clássicas grega e romana, que ele julgava estarem livres de influências judaicas. Para ele, a arte deveria visar a um ideal de beleza e perfeição. Assim, o ditador iniciou uma forte perseguição aos artistas modernistas, dando às obras deles a alcunha de “arte degenerada”. Na visão nazista, as artes seriam fortes aliadas na construção estética e ideológica de uma política que estaria disposta a eliminar os que não se enquadravam nesse ideal do que é belo e virtuoso para a sociedade. 

O documentário “Arquitetura da Destruição”, dirigido e roteirizado por Peter Cohen, é dividido em três partes que serão exibidas em sequência durante a programação do Curta!. A exibição das três partes do documentário é na Sexta da Sociedade, 13 de novembro, a partir das 21h45.

(Visited 11 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *