Prêmio APTR reúne a nata do teatro em noite de confraternização

Após dois anos de pandemia, a noite desta segunda-feira, 06 de junho, marcou o retorno da celebração do Prêmio APTR de Teatro com público presencial. A 16ª edição do Prêmio aconteceu no Teatro Claro Rio, em Copacabana, no Rio de Janeiro, com apresentação dos atores Cris Vianna e Eduardo Moscovis. 37 peças que estiveram em cartaz em 2021 em todo o país concorreram em 15 categorias. 13 vencedores foram escolhidos pelo júri, enquanto o prêmio Especial foi eleito pelos membros da comissão e o de Produção, pelos associados da APTR – sendo que somente este contemplou peças realizadas presencialmente no último ano.O Prêmio teve apoio do Instituto Cultural Vale e do Itaú Cultural. A direção artística foi assinada por Bianca de Felippes e Eduardo Barata.

EM NOME DA MÃE foi o grande destaque da noite e levou quatro categorias:Espetáculo, Atriz em Papel Protagonista (Suzana Nascimento), Direção (Miwa Yanagizawa) e Música (Federico Puppi). O Troféu Manoela Pinto Guimarães, da categoria Jovem Talento, foi para o elenco de INVENCÍVEIS. Luís Lobianco (MACBETH 2020) e Filipe Codeço (AQUILO QUE NÃO SE PODE FALAR)empataram e venceram na categoria Ator em Papel Protagonista, enquanto Suzana Nascimento (EM NOME DA MÃE), Bete Coelho (MEDEIA POR CONSUELO DE CASTRO) também foram escolhidas, com empate, para Atriz em papel protagonista.

Entre premiados e convidados, inúmeros nomes de peso estiveram presentes no evento.

Léa Garcia, Emiliano Queiroz, André Arteche, Alan Rocha, Clarisse Derzié, Analu Prestes, Daniel Dias da Silva, Giulia Gam, Ana Beatriz Nogueira, Izabella Bicalho, Luís Lobianco, Letícia Sabatella, Antônio Pedro e Suely Franco foram alguns dos ilustres que prestigiaram.

Reportagem e imagens : Léo Uliana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.