O talento de Vânia Bastos à disposição do mestre Pixinguinha

vania-bastos-redO espetáculo “Concerto para Pixinguinha” de Vânia Bastos com Marcos Paiva finalmente virou CD . E na próxima quarta-feira (14 de setembro) é a noite de lançamento, no Theatro Net Rio. O espetáculo que estreou em 2013 com sucesso absoluto de crítica e público, traz releituras primorosas de obras como “Carinhoso”, “Rosa”, “Lamentos” “Mundo Melhor” e “Fala Baixinho”, na peculiar voz da artista, uma das mais importantes vozes da música popular brasileira, que carrega na bagagem mais de 30 anos de estrada. Marcos Paiva Quarteto apresenta as instrumentais Displicente, Recordações e São Lourenço no Vinho, todas de Pixinguinha. O disco, que marca também a estreia do selo Conexão Musical, do produtor Fran Carlo, é o resultado de um show que vem sendo apresentado em várias capitais do Brasil, marcando os 40 anos da morte do compositor. Da banda participam ainda os músicos Nelton Essi (vibrafone), César Roversi (sopros) e Jônatas Sansão (bateria).

Essa semana nós conversamos com Vânia por e-mail, e a intérprete gentilmente nos falou da felicidade que sente por estar num projeto de qualidade indiscutível, e que é grande sucesso de público e crítica.

Vãnia, que sem sombra de dúvidas, é considerada uma das grandes cantoras brasileiras, diz que soltar a voz num país que cultua intensamente as vozes femininas é um privilégio, pois segundo ela “a união entre a feminilidade e a voz nos remetem a outros mundos”.

Com vocês, VÂNIA BASTOS !

*Quando você pensa em colocar sua voz à disposição da obra de um único compositor, que critérios são decisivos para a escolha do homenageado?

VâniaNa verdade os discos assim foram acontecendo de maneira natural. O “critério” sempre foi a paixão pelas músicas dos compositores, pela arte mesmo de cada um dos grandes brasileiros que tive oportunidade de gravar e homenagear.

*Ao regravar canções clássicas que já passaram por vozes de outras grandes cantoras, você tem receio de algum tipo de comparação?

VâniaNão fico pensando nisso…..em comparações. Sei que são inevitáveis, mas fico conectada com a música, simplesmente. Vou me aprofundando na delícia da canção em si e a voz vai junto. Acho que cada um aborda  uma obra musical com suas particularidades e aí mora a riqueza.

*Gostaria que você comentasse o fato de algumas pessoas (inclusive Maria Bethânia) definirem o Brasil como o “País das cantoras”.

Vânia Acho que é o “País das Cantoras” pelo fato da existência de muitas, mas há também a magia do ser feminino que canta e isso é muito cultuado por aqui. A feminilidade e a voz, unidas, realmente nos remetem a outros mundos.

*Como vê o atual mercado da música brasileira?

VâniaO atual mercado da música brasileira está totalmente segmentado e isso não permite a abrangência, não dá a noção da totalidade do que existe de fato sendo feito pelos artistas. Mas o lado bom é que a internet, por exemplo, faz com que cada pessoa se aprofunde no som que ela quer ouvir. Com isso a música brasileira volta a se expandir, já sem a necessidade de ter que estar nas rádios e televisões. Sobrevive além  e vai longe…….

*Quais artistas têm chamado a sua atenção no cenário musical?

Vânia Marcos Paiva, Rita Bastos, Tulipa Ruiz,Filipe Catto,Dani Black,Blue Bell…. e tantos outros talentos que pipocam pelo Brasil todinho….

*Levando em consideração que no Brasil ainda se preserva a observação de críticos musicais, você se considera privilegiada, visto que tem tido sempre boa receptividade dos mesmos no que diz respeito ao seu trabalho?

Vânia Sim, considero-me privilegiada pelo fato de ter sido bem recebida pela crítica, nos meus doze trabalhos em disco. A música é para agradar aos ouvidos….mas quando é compreendida mais profundamente pelos  críticos e estes ressaltam as belezas de uma forma esclarecedora, aí sim!

*Porque somente agora resolveu gravar um cd do projeto “Concerto para Pixinguinha” ?

 VâniaFui convidada a cantar nesse projeto há tres anos, que inicialmente foi o show “40 anos sem Pixinguinha”. Depois de apresentações por várias cidades brasileiras , agora gravamos o disco , dando início ao selo “Conexão Musical” , dos produtores Fran Carlo e Petterson Mello. E gravar Pixinguinha é um luxo, em qualquer tempo……Adorei!!!

*Qual é a expectativa para a apresentação que fará Theatro Net em setembro?

VâniaCantar no Rio é sempre uma maravilha. E ainda conta o fato de ser a terra do Pixinguinha, tão amado por todos! Vai ser muito gostoso voltarmos aí, agora lançando o  CD e com o mesmo som que fizemos no ano passado. O som do Marcos Paiva Trio é fantástico e nos traz um Pixinguinha com outro tipo de arranjos e instrumentação. O Net Rio é lindo e convido a todos, desde já.

*Topa nos encontrar pessoalmente para uma próxima entrevista? (rsrs)

VâniaTopo sim, lógico!!!! Beijos e muito obrigada.

SERVIÇO: Vânia Bastos e Marcos Paiva em “Concerto para Pixinguinha”
Theatro Net Rio – Sala Tereza Rachel. Rua Siqueira Campos, 143 – Sobreloja – Copacabana. (Shopping Cidade Copacabana)
Ingresso: De R$ 50,00 a R$ 120,00 reais
Direito à meia entrada e descontos : http://www.theatronetrio.com.br/pt-br/bilheteria.html 
Horário: 21h.
Data: 14 de Setembro 
Classificação: 12 anos. 
Duração: 75 minutos. 
Capacidade do Teatro: 622 lugares. 
Telefone do teatro: 21 2147 8060 / 2148 8060 
Site: www.theatronetrio.com.br
Vendas pela internet:  www.ingressorapido.com.br ou pelo aplicativo do Ingresso Rápido.
Vendas pelo telefone: Informações e compra Ingresso Rápido – (11) 4003 – 1212
Atendimento pós venda Ingresso Rápido – (11) 4003 – 2051
Informações sobre ponto de venda da Ingresso Rápido de outros eventos fora do Theatro Net Rio, somente pelo telefone – (11) 4003 – 1212
Horário de funcionamento – Todos os dias das 10h às 18h.
Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a domingo, das 10 às 22h, inclusive feriados.
Reservas para grupos: Carolina Hiller – relacionamento@brainstorming.art.br 
Somente pelo telefone: (21) 96629 – 0012
Horário de atendimento – De Segunda a Sábado de 14h às 21h.
Formas de pagamento: Aceitamos todos os cartões de crédito, débito, vale cultura nas bandeiras (Alelo & Ticket) e dinheiro. Não aceitamos cheques.
Acessibilidade 
Estacionamento no Shopping, entrada pela Rua Figueiredo Magalhães, 598.
(Visited 26 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *