Maitê desabafa : “Tá difícil fazer teatro; às vezes a conta não fecha”

Nem mesmo todo o prestígio de uma grande estrela da tv é garantia de patrocínio para a montagem de um espetáculo de teatro. E Maitê Proença sabe bem disso. Com 40 anos de uma carreira bem sucedida, a atriz, que está em cartaz com a peça “A Mulher de Bath”, arregaçou as mangas e correu atrás de cada detalhe para que o espetáculo fosse mostrado ao público. E conseguiu.

Maitê com o diretor de ‘A Mulher de Bath’, Amir Haddad.

Maitê encerra temporada hoje, no Teatro da UFF, mas segue com a peça por algumas cidades do país.

Amir Haddad, amigo da atriz há muitos anos é diretor do espetáculo, e foi justamente para prestigiá-lo que Maitê esteve presente na 12ª edição do Prêmio APTR, na última quarta-feira, no Theatro Net-Rio, onde o celebrado diretor foi homenageado.

Sempre solícita, Maitê conversou conosco e falou sobre o desafio de seguir investindo em um projeto sem qualquer apoio dos setores público ou privado. E nos contou também sobre sua estreita relação com os fãs que, segundo ela, já se tornaram amigos.

*reportagem : Léo Uliana/*fotos e imagens de vídeo : Sérgio Horta

(Visited 241 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *