Marcos Veras : “As redes sociais têm o seu valor, mas você tem que saber filtrar”

IMG_2801 (1)Atualmente em cartaz com o espetáculo “Acorda Pra Cuspir”, onde vive o deslumbrado José da Silva, Marcos Veras vem dando ao público a oportunidade de vê-lo exercitar mais uma faceta de seu enorme talento. Fazendo crítica a um comportamento bastante comum nos dias atuais, Veras dá vida a esse sujeito que faz de tudo para se destacar dos demais mortais. Não deixando de lado o humor que lhe é peculiar, o ator faz com que a plateia se reconheça em atitudes banais protagonizadas pelo personagem em cena, e consequentemente faz com que o grande público reflita e reveja sua posição nos meios sociais.

Com uma lucidez pouco vista no meio artístico, Marcos Veras não nega que seu trabalho lhe traz uma boa visibilidade, mas nem por isso lhe torna mais especial que os demais habitantes da Terra. Ele se coloca sempre como mais um na multidão e reconhece que, como todas as pessoas, também comete alguns deslizes na correria do dia-a-dia. Segundo o ator, que está presente em todas as redes sociais, a Internet é um símbolo de que a democracia impera nos dias atuais, mas embora considere uma excelente ferramenta de comunicação, ele acha que as pessoas devem filtrar boa parte do que está ali.

Na noite do último sábado ele nos recebeu no Teatro do Leblon, onde está em cartaz de quinta à domingo, e falou do prazer de participar desse projeto, que para ele é um desafio frente aos outros trabalhos já realizados.

reportagem : Léo Uliana/*imagens : Cristiane Muniz

(Visited 54 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *