Roberto Carlos : “Meu pai tinha arma em casa”

Normalmente avesso a assuntos polêmicos, o cantor Roberto Carlos não se fez de rogado quando lhe perguntaram sobre o atual presidente. Vestindo uma bela camisa rosa, o que já aguçou a curiosidade de todos, o rei assumiu que é a favor do porte de arma, e ainda frisou que, se tratando de política, ele e Caetano Veloso, de quem se diz amigo, estão em lados opostos.

Essas e outras falas vieram a público quando, na noite do último domingo, ele recebeu a imprensa para a sua tradicional coletiva, dentro do projeto ‘Emoções em Alto Mar’, no navio Costa Favolosa. 

Após o descontraído bate-papo, a produção ofereceu um jantar a bordo para os jornalistas, que ainda ficaram para cobrir o belíssimo show que Roberto fez no final da noite, onde foi aplaudido por famosos como Taís Araújo, Paula Toller, Fafy Siqueira, Eri Johnson e Tom Cavalcante.

Comemorando 60 anos de carreira esse ano, o cantor disse que pretende voltar a gravar um disco com canções italianas, revelou que tenta ao máximo preservar sua intimidade, e demostrou muita disposição para cumprir a extensa agenda de shows que tem no exterior.

Aqui no site vocês podem conferir os melhores depoimentos do rei, assim como belas imagens desse encontro da imprensa e do público com o maior cantor brasileiro.

PORTE DE ARMA

“Talvez o que eu diga vá desapontar algumas, mas o fato é que nós estamos vivendo uma guerra, e somente um dos lados está armado. O meu pai tinha uma arma guardada em casa para a segurança da nossa família.”

ROSA

“Esse negócio de cor é bobagem; cada um usa o que quiser. E quer saber? Eu me garanto muito como homem!”

MYRIAN RIOS

“A Myrian é uma pessoa muito querida, por quem tenho enorme respeito, mas é só. Nós não temos absolutamente nada.”

PRIMEIRA MÚSICA

“A primeira música que eu compus na vida, eu jamais gravei; achei que não ficou boa.”

FILME

“As gravações do filme que fala da minha vida devem começar esse ano, mas a estreia provavelmente só em 2020.”

NERVOSO

“Duas personalidades com quem estive me deixaram bastante tenso. O Papa e o cantor Luciano Pavarotti. Nessas duas ocasiões me deu tremedeira.” (quando perguntado se já ficou nervoso pela expectativa de estar próximo à alguma celebridade nacional ou internacional)

VIDA PRIVADA

“É muito difícil, mas eu tento o máximo preservar a minha vida privada. E quando eu falo privada, me refiro não aos meus passeios pela Urca, mas da porta pra dentro da minha casa.”

CANÇÕES ITALIANAS

“Durante muito tempo eu fiquei sem fazer um trabalho com músicas italianas, mas é algo de que gosto muito. Então tenho pensado muito nisso, e acredito que meu próximo projeto será voltado para esse mercado.”

CAETANO VELOSO

“O Caetano é um grande compositor e um amigo querido. Mas se tratando de política, nós estamos em lados opostos.”

CINEMA

“Fazia muito tempo que não ia ao cinema. Acho que o último filme que assisti foi ‘Titanic’. Mas essa semana fui ver o filme do Erasmo (Minha Fama de Mau) e fiquei muito animado. Vou voltar a ver filmes no cinema; não sei como será, mas vou com certeza.”

*reportagem : Léo Uliana/*imagens : Léo Uliana e Cleide Márcia

(Visited 34 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *