Luísa Thiré em dose dupla no Teatro Ipanema

A ocupação do Teatro Ipanema reúne peças de dois dos maiores e mais emblemáticos dramaturgos brasileiros

E Luísa Thiré empresta seu talento às duas montagens, ” Navalha na Carne” e “Valsa nº6”

NAVALHA NA CARNE – uma homenagem a Tônia Carrero 

A montagem, idealizada por Luisa Thiré para homenagear sua avó, Tônia Carrero, vem de temporadas bem sucedidas em São Paulo, Rio de Janeiro e Portugal, onde se apresentou no Porto e em Lisboa. A montagem está indicada ao Prêmio Botequim Cultural em duas categorias: Melhor Cenografia (Sergio Marimba) e Melhor Ator Coadjuvante (Ranieri Gonzalez). 

Há meio século atrás, com esta peça, ao lado de Emiliano Queiroz e Nelson Xavier, e dirigida por Fauzi Arap, Tônia Carrero ganhou definitivamente a credibilidade da crítica especializada. Até então considerada a nossa atriz mais linda e glamorosa, Tônia se despojou de sua imagem e mergulhou com força na alma da sofrida prostituta Neusa Sueli, o que lhe rendeu prêmios de melhor atriz e, finalmente, o reconhecimento que sempre mereceu. Uma das mulheres mais atuantes do teatro brasileiro, Tônia foi uma das responsáveis pela liberação de “Navalha na Carne” quando o texto ainda estava proibido pela censura.  

“Navalha na Carne” é um dos textos mais importantes da dramaturgia brasileira. Contundente, visceral, violento, patético, poético e humano. A peça foi proibida por mais de treze anos durante a ditadura militar. Um dos textos mais populares de Plínio Marcos, sobreviveu à censura, recebeu inúmeras montagens teatrais e duas versões cinematográficas. A montagem atual conta com a direção de Gustavo Wabner que, durante anos, trabalhou com Gabriel Villela, Naum Alves de Souza e Sérgio Modena. Agora assina sua primeira direção. “Acredito que essa peça sobreviveu pela pertinência dos temas que levanta. Sobreviveu pela riqueza de nuances e complexidade das personagens. E também porque de lá pra cá, infelizmente, as coisas não mudaram muito.” afirma o diretor.

REESTREIA: dia 16 de novembro (sábado), às 20h

Teatro Ipanema– R. Prudente de Morais, 824, Ipanema / RJ    Tel: 21 2267-3750  

HORÁRIOS: sab, dom e segunda, sempre às 20h / INGRESSOS: R$50, R$25 (meia) e R$10 (estudantes de teatro) / horário funcionamento bilheteria: de 5ªf a 2ªf, sempre 1h antes do espetáculo / vendas online: https://riocultura.superingresso.com.br/CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: 16 anos/ DURAÇÃO: 75 minutos/ CAPACIDADE: 193 espectadores/ TEMPORADA: até 02 de dezembro

VALSA nº6 

A montagem, com direção de Claudio Torres Gonzaga, foi premiada e elogiada pela critica e ficou em cartaz por dois anos, entre 2012 e 2014, passando por Cabo Verde, Lisboa, Porto e Madri. Depois disso, seguiu sendo apresentada pontualmente até 2017. 

“Claudio é um grande companheiro. Eu estava fazendo uma assistência de direção para ele em uma outra peça e, quando vi, o diretor já estava na minha frente. Ele é um excelente diretor de ator, grande amigo, sabe tudo de Nelson Rodrigues e eu tinha certeza que ele ia saber cuidar de mim como ninguém. Durante os ensaios e temporada, Cláudio sempre foi minha âncora e  minhas asas”, conta Luisa Thiré, que já atuou com Gonzaga no espetáculo “Sonhos de um Sedutor”.  

REESTREIA: dia 21 de novembro (5ªf), às 20h

Teatro Ipanema– R. Prudente de Morais, 824, Ipanema / RJ    Tel: 21 2267-3750  

HORÁRIOS: 5ªs e 6ªs, sempre às 20h (somente 4 apresentações) / INGRESSOS: R$40, R$20 (meia) e R$10 (estudantes de teatro) / horário funcionamento bilheteria: de 5ªf a 2ªf, sempre 1h antes do espetáculo / vendas online: https://riocultura.superingresso.com.br/CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: 12 anos/ DURAÇÃO: 55 minutos/ CAPACIDADE: 193 espectadores/ TEMPORADA: até 29 de novembro

(Visited 92 times, 2 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *